A descoberta de que o sangue humano pode ser agrupado em categorias, feita por Karl Landsteiner, é posteriormente utilizada por Leone Lattes em investigações forenses criminais.

Veja também